[ editar artigo]

O papel da cultura inovadora em um cenário pós-Covid

O papel da cultura inovadora em um cenário pós-Covid

Levando em consideração o panorama mundial, somado ao cenário pós-Covid, quais são as diferenças do posicionamento estratégico sobre inovação verificadas no Brasil em comparação ao restante do mundo?

Uma das grandes diferenças do Brasil em relação as principais economias do mundo em um cenário pós-Covid é que sairemos de duas recessões em sequência.

Teremos ainda um acréscimo considerável no número de empresas gastando grande parte do seu tempo e dos recursos (humanos e financeiros) na recuperação dos seus negócios. Isto acarretará uma postergação da implementação de uma cultura e de projetos de inovação ou busca de soluções para a crise via inovação. Este assunto não será prioridade na pauta destas empresas no curto prazo (e talvez nem no médio prazo).

O próprio governo federal terá desafios enormes com relação ao déficit fiscal, reformas estruturantes e questões sociais. Assim, não terá na sua pauta de prioridades estimular a inovação no país.Em que pese, porém, o acima exposto, acredito que tanto o empreendedorismo como a cultura de inovação irão crescer no país e teremos esta distância reduzida em relação aos países desenvolvidos reduzida.

Os motivos

A necessidade de se tomar ações rápidas para recuperação da receita durante a pandemia levará algumas empresas a adotarem com mais intensidade a experimentação, a busca por novos business models. Criou-se uma nova cultura para algumas destas empresas, na linha do lean startup, que estava engatinhando no país.

Com as taxas de juros a níveis baixíssimos no Brasil (por quanto tempo?), teremos uma migração maior de recursos para investimento em capital de risco, facilitando a busca de capital para os empreendedores.

Com a quarentena, os próprios consumidores brasileiros estarão mais propensos a utilizar a tecnologia digital, aumentando o número de consumidores digitais, bem como a o volume deste consumo.

Em um país onde crises são uma constante, temos a cultura de nos adaptarmos diante de mudanças recorrentes de cenários. Temos uma maior propensão a nos adaptarmos em situações de incertezas, o que certamente favorece a inovação.

Como consequência e em que pese a questão das empresas em dificuldade financeiras, teremos um ecossistema digital mais amadurecido e acelerado, talvez uma boa oportunidade de reduzir a nossa distância ao países desenvolvidos e facilitando a inovação e o empreendedorismo. Estas palavras passam a estar na pauta do dia no país. Visualizo, portanto, um país mais empreendedor e inovador, com melhorias em nossa cultura inovadora em um cenário pós-Covid.

Governança & Nova Economia
Ler conteúdo completo
Indicados para você