[ editar artigo]

Os desafios para iniciativas inovadoras no Brasil

Os desafios para iniciativas inovadoras no Brasil

Os desafios e barreiras para iniciativas inovadoras no Brasil podem ser divididos em três tipos. Observe-se:

Tipo 1: Negacionista

Acredito que boa parte das empresas brasileiras ainda nega a necessidade de se ter uma agenda de inovação voltada ao negócio. Muitas que hoje estão performando bem não veem necessidade de implementar esse tipo de agenda, com medo de atrapalhar o ritmo da empresa ou tirar o foco da equipe. A frase “em time que está ganhando não se mexe” cabe aqui.

Também há aquelas que não estão indo tão bem, mas procuram resolver os problemas atuais repetindo as mesmas tentativas de solução. Isso é resultado do fato de não estarem abertas a novas oportunidades, de acreditarem que há uma “fórmula” para enfrentar desafios.

Tipo 2: Para inglês ver

Neste tópico, estamos falando das empresas cujo líder está sendo “empurrado” pelo conselho para que sejam criadas iniciativas de inovação no negócio no melhor estilo “para inglês ver”.

Cria-se, então, um setor de “inovação” no qual o chefe é o gerente de marketing ou o gerente comercial, que mantém, de forma concomitante, o cargo anterior. Assim, o profissional fica com suas metas do “cargo principal” e, de sobra, precisa se preocupar com os afazeres de uma agenda com a qual ninguém está comprometido e cujo único objetivo é dar satisfações ao board.

Tipo 3: Inovação no DNA

Algumas empresas não precisam montar diretorias de inovação ou eleger, na marra, membros para esse novo trabalho porque a inovação já está em seu DNA, integrada ao cotidiano do negócio, faz parte da cultura organizacional. Essas companhias sabem que a inovação é que vai garantir a perenidade do negócio ou o aumento do ciclo de vida do produto. A inovação não precisa de agenda específica nessas organizações porque ela já faz parte da agenda da empresa!

Nesse sentido, o papel do conselheiro é enxergar em qual dos três tipos a empresa está inserida e, a partir disso, propor alternativas de implementação ou melhoria para que o ambiente de negócios fique cada vez mais atrativo para todos os stakeholders.

Governança & Nova Economia
Ler conteúdo completo
Indicados para você