[ editar artigo]

O que nos trouxe até aqui não será o que vai nos levar adiante

O que nos trouxe até aqui não será o que vai nos levar adiante

O panorama mundial antes da pandemia já estava desafiado pela transformação de um mundo volátil, incerto, cheio de complexidades e com os mercados ambíguos, mas o desafio provocou diversidade de ações e reações em busca de adequações, mudanças e reinvenções mirando a sobrevivência e o redesenho.

A crise que vivemos hoje em função da pandemia de Covid-19 é o aprofundamento de uma crise antiga. Fato é que a pandemia pegou a todos de surpresa, despreparados para lidar com algo tão impactante. Quem já estava na trilha da transformação foi menos impactado, pois conseguiu respirar fundo, reanalisar o cenário e usar os recursos disponíveis e necessários para suprir gaps e garantir a manutenção da operação do seu negócio.

Entre tentativas e erros de aberturas e fechamentos do mercado, por consequência das decisões governamentais para conter o avanço da pandemia, a economia tem se batido nas muretas de proteção, buscando âncoras para se equilibrar, com fraco rastro de luz para se guiar. Assim, os pequenos, médios e grandes empresários brasileiros vêm bravamente atuando como fortes guerreiros para manterem seus negócios funcionando.

A vacina é a grande aposta para garantir o equilíbrio imunológico mundial e, consequentemente, propiciar a retomada total do mercado com segurança e garantia de um menor impacto para a população.

Diante de tantas novidades, muitos seguimentos precisarão se readequar às novas tecnologias. Planos de negócios precisarão ser revistos, levando em consideração as inovações, facilidades e expectativas dos consumidores após a pandemia. A alta gestão e os conselhos empresariais estão convidados a se despir das suas verdades, baseadas na velha administração e em experiências nos segmentos, mercados e comportamento do consumidor de antes da pandemia.

Governança & Nova Economia
Ler conteúdo completo
Indicados para você