[ editar artigo]

O posicionamento estratégico e a inovação

O posicionamento estratégico e a inovação

Levando em consideração o panorama mundial, somado ao cenário pós-Covid, quais são as diferenças do posicionamento estratégico sobre inovação verificadas no Brasil em comparação com o restante do mundo?

O Brasil tem um enorme potencial para inovar no cenário pós-covid. O fato de seus preços não estarem superavaliados, como as empresas de tecnologias americanas, e com as taxas de juros em patamares jamais vistos, criou um ambiente atrativo para que investidores externos e internos invistam em empresas com grande potencial de crescimento, sejam elas de tecnologia ou não.

A chegada da pandemia no último mês de março, porém, obrigou gestores e líderes de times a adotar, a maioria sem saber, os valores expressos no “Manifesto Ágil”, com foco nas pessoas, interação, colaboração e flexibilidade.

É desta forma que muitas empresas de tecnologia operam há quase duas décadas, permitindo que algumas apresentem crescimento acelerado quando comparado aos padrões de crescimento linear.

A pandemia fez a maioria inovar, então devemos manter este mesmo comportamento na fase pós-covid, mantendo o olhar mais atento para o próximo e para a desigualdade existente e, em última análise, contribuindo para uma sociedade melhor, mais solidária, humanizada.

Esperamos que as mídias sociais com melhor curadoria tenham presença mais relevante, levando informação que ajude a sociedade a convergir nos valores e práticas do manifesto ágil. Estes valores e práticas também devem ser estendidos para fora dos círculos das empresas de tecnologia.

Desconhecemos o posicionamento estratégico sobre inovação no Brasil, mas dentro das empresas que fazemos parte esperamos manter e desenvolver tais valores e práticas.

Governança & Nova Economia
Ler conteúdo completo
Indicados para você