[ editar artigo]

5 etapas para definir uma estratégia ESG na sua empresa

5 etapas para definir uma estratégia ESG na sua empresa

Três letras que têm se tornado cada vez mais fundamentais em negócios: ESG. A sigla significa “Environmental, Social and Corporate Governance”, é usada para se referir a melhores práticas ambientais, sociais e de governança e tem sido levada em consideração, inclusive, como critério para investimentos.

Um estudo conduzido pela consultoria BCG já mostrou que companhias que adotam estratégias ESG contabilizam uma série de impactos positivos, incluindo maior lucratividade e aumento em seu valuation a longo prazo. Já uma pesquisa realizada pela consultoria WayCarbon e pela escola de negócios Fundação Dom Cabral (FDC) indicou que empresas com foco no lucro que adotam a sustentabilidade como estratégia costumam ter resultados melhores do que os de concorrentes. Ainda, levantamento global do Chief Executives for Corporate Purpose (CECP), espécie de coalizão internacional de líderes ESG, apontou que sete em cada 10 companhias já avaliam seus funcionários com base em métricas ESG.

Com isso em mente, a comunidade preparou um Gonew Map com cinco etapas para definir uma estratégia ESG na empresa, inspirado em dicas da consultoria empresarial norte-americana Standing Partnership.

“Quando bem feita, uma estratégia ESG criará políticas claras e guias acionáveis para ajudar sua empresa a revisar as decisões sob a ótica da mitigação de riscos ESG, garantindo a liberdade de operar e criando valor por meio de ações responsáveis e sustentáveis. Por exemplo, um foco e uma estratégia aprimorados para a redução do desperdício podem identificar oportunidades para reaproveitar ou vender subprodutos, criando novas fontes de receita”, afirmam os especialistas. Confira o mapa:

Governança & Nova Economia
Ler conteúdo completo
Indicados para você