[ editar artigo]

Gonew Map: a escalada do Bitcoin

Gonew Map: a escalada do Bitcoin

Em 2020, um ano marcado por profundas contradições e uma recessão global, houve também espaço para crescimento. Um desses cases é o do Bitcoin, a primeira e mais conhecida criptomoeda. Entre janeiro do ano passado e janeiro de 2021 (cotação referente ao dia 29/01), a moeda valorizou nada menos que 258%, com cotação que ultrapassa os US$ 30 mil atualmente.

Houve alguns altos e baixos durante o ano, mas nada que prejudique a impressionante marca alcançada pelo Bitcoin. Aqueles que mesmo em meio à crise de 2020 optaram por investir nas criptomoedas, portanto, se deram bem. A título de comparação, o Ibovespa fechou o ano com alta de 3%.

A volatilidade do Bitcoin é explicada pela busca por seu valor justo no mercado, pois não há lastro, tampouco regulamentação. É a tecnologia blockchain que registra as operações das criptomoedas, uma rede aberta na qual as moedas são negociadas e que serve como uma espécie de livro contábil das transações. No blockchain, as informações não ficam armazenadas em um computador central, mas em milhares de máquinas espalhadas por todo o planeta.

O tema tem tudo a ver com as questões envolvendo o Novo Poder – descentralizado, aberto, participativo e baseado na relação entre pares – que tanto estudamos em Gonew.co. Confira o Gonew Map especial que preparamos sobre a escalada do Bitcoin em 2020:

Governança & Nova Economia
Ler conteúdo completo
Indicados para você